domingo, 25 de março de 2012

A história do Çekirdek (Semente de Girassol)

Os turcos e brasileiros tem algumas paixões em comum.
Uma delas é comer sementes e frutas secas.

No Brasil, tem sempre um dia que estamos comendo pé-de-moleque, paçoca, amendoim torrado ou aquele amendoim açucarado que vende nos pontos de ônibus... Ou então quando vem alguém nos visitar e colocamos no potinho de tira-gosto coisas como: castanha-do-pará, castanha-de-cajú, amendoim com casca. Ou no Natal, que na mesa tem sempre avelã, castanha, amêndoas, nozes e tantas coisas deliciosas.
Uma das mesas do Natal de 2011 na minha casa! :)

Aqui, o pessoal tá sempre comendo essas belezinhas também. E nem precisa ter ocasião especial. Muitas das sobremesas levam ou pistache, ou avelã, ou nozes... De tarde, quando estão conversando ou vendo televisão, tá lá um potinho dessas sementes sortidas. É bem popular por aqui mesmo.

Daí eles colocam num potão e devoram - Minha pele NÃO agradece depois, mas eu adoro mesmo assim.

Daí vamos à parte em que a bonitinha aqui pagou um lindo de um mico.
Fui no Shopping Forum Istanbul com a minha vizinha (pra variar né, tô sempre com as minhas vizinhas e eu adoro!) pra comprar umas roupas pro irmão dela. Depois de termos andando o shopping todo, procurando as tais roupas que eles estavam procurando, estavamos para ir pra casa. 

Daí passamos por um quiosque, que vendia doces turcos. Comprei uma caixinha de Lokum (Turkish Delight = Delícia Turca) pra enviar pros meus avós pelo correio da próxima vez, e eles compram um mooooonte de outros doces. Um deles, foi o nosso amigo Çekirdek. 

No carro, eles me deram um moooonte de avelãs, e eu devorei tudo. Daí me deram um outro docinho que eu esqueci o nome, e fui comendo tudo sem nem pensar. Por último, eles me deram um punhado de Çekirdek, e a TONTONA aqui, colocou uns 5 na boca e começou a mastigar. Nem tinha acabo direito de mastigar e ja ia colocando mais uns 5 na boca. 

Antes de eu terminar o tanto que já tinha na minha boca e colocar mais na boca, eu comecei a perceber que eu mastigava, mastigava, mastigava, mastigava... e o negócio não se desfazia nunca. Ele ele torradinho e já tinha sal, então eu tava comendo feito aquele amendoim torrado. Daí eu olho pra minha vizinha que tava no meu lado e falo cara de quem chupou limão: 
- Derya, eu tô mastigando e mastigando e eu não consigo engolir isso.

Todo mundo para, olha pra minha cara com cara de espanto. A Derya fala:
- Jessica, abre a boca.

Eu abri, né. O marido dela, o irmão dela e ela caíram na gargalhada hiuahiauhaiuahaiuhaiuahuaihuia.
E eu olhando pra eles sem entender. Daí eu reparo que cada um está com a mãe fechada, sabe com o que dentro? Com as CASCAS do Çekirdek que NÃO SÃO ENGOLIDAS. Ele mordiam com força a casca,  a abriam, a tiravam e comiam só o interior. E a débil mental aqui, nem parou pra pensar que pra comer semente de girassol só poderia ser assim mesmo.

Mas pô, eu pensei comigo que deveria ser diferente. Pensa comigo, pra que eles vão colocar sal na casca, se ela não vai ser comida. Tinha que torrar, tirar a casca e jogal o sal, não é? Daí se tinha sal NA casca, pensei que era pra comer também. Mas não, TOIN na minha cara e agora todo mundo conta essa história pra rir de mim hahahahah.

Eu tentei começar a comer como eles, mas cara... enquanto eu abria APENAS UM, eles ja tinham comido uns 15. Eu não gosto de comer comida difícil e que me dá trabalho pra comer, então deixei pra lá. A fofa da minha vizinha, até tava tirando a casa pra mim, mas eu fiquei com peninha (e com vergonha na cara, que as vezes faz bem rs) e desisti de comer.

Então minha gente, quando vocês passam por situações parecida, sejam mais inteligentes que eu e se LIGUEM só um pouquinho rs. E quando forem comer o tal çekirdek (semente de girassol), come assim, como meu vizinho tava me mostrando oh:


Beeeeeijos

8 comentários:

Anônimo disse...

Ai, Jéssica, que mico, rs!!! Só curtindo por aí, hein, rs!! E o idioma, tá dando pra aprender direitinho???
Bjos!
Belatrix

Sibely Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sibely Vieira disse...

Kkkkkkk eu ri muito de vc agora..! Aqui tambem comemos muita semente de girassol e eu tambem acho bem dificil ficar mordendo e tirando a casquinha pra comer so a sementinha pequenininha que tem dentro.. nem vale a pena ne..? Dificil demais..! O meu amor come junto com uma garrafa vazia pequena de coca cola e vai soprando as cascas para dentro da garrafa... eu nem como mais, da muito trabalho essa comida de passarinho..! Beijos..!

Grazi disse...

kkkkkkk imagino a cena! Mas eu faria o mesmo, pq se tá tudo salgadoe pra comer tudo, né?!
Mas eu não gosto disso não, isso é comida de passarinho kkkkk. Fora essa coisa de ter que descascar um por um....
Quando eu estava por aí, na útima copa do mundo, uns amigos do meu aşk foram assistir um jogo do Brasil conosco e eu acho que eles comeram um caminhão disso.
Aqui no Brasil, eu tenho uma tia natureba que come isso e outras esquisitisses, como semente de mamão e de melancia... Mas eu não tenho coragem de comer isso não!
Bjo

Anônimo disse...

Eu passei pela mesma situação que você hahaha, enfiei com tudo na boca. No brasil eu como semente de girassol, mas ela já vem fora da casca, beeeem melhor. Essa turca eu não tive paciência, muito chato o trabalho de abrir um troço que nem é tão bom.
Eu fiquei impressionada com a agilidade deles comendo isso, são praticamente papagaios :)
Karina

Anônimo disse...

Mico faz parte, neah?! Mas pra comer com a rapidez deles, não tem que ter nenhum dom especial pq é tudo um truquezinho....hahaha. Primeiro vc morde a pontinha fina, depois o meio e a parte mais grossa pra abrir a casca e aí é só puxar a semente com a língua. E se até eu peguei o jeito, vc também consegue :)
Thaise

Angie disse...

hahahaha sem comentarios, nao vou nem falar nada porque eu sou um desastre comendo essas comidas complicadas :D

Tadeu disse...

ainda bem que não era pistache.