segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O Admirável Nacionalismo da Turquia [Atualizado]

Esses últimos dias, foram somente susto e preocupação pra mim, em relação à Turquia.
Em 5 dias, 2 notícias muito tristes me assustaram... e a todos nós que temos um pedacinho do coração lá do outro lado do mundo, seja com familiares e amigos, ou com os nossos amores.

Não vou ficar aqui discutindo minha opinião sobre o que houve, nem dando maiores informações sobre o que aconteceu, vou somente postar o link das reportagens sobre o que houve, pra que vocês se situem melhor.

1) Morte de soldados turcos, pelo grupo PKK (19/10/2011)

2)Terremoto em Van, região ao leste da Turquia. (23/10/2011)

As notícias estão aí, deixo para que cada um tenha seus próprios pensamentos.
Só tenho algumas considerações a fazer:

- Em primeiro lugar, tanto o terremoto, quando o ataque, ocorreram distantes das cidades mais conhecidas como: Istambul, Ankara, Izmir, Konya, Antalya, Bursa, Adana, Etc.

- Para acalmar um pouco quem possa ler, se é que isso é possível nesse momento tão triste, terremotos são comuns na europa, e tantos outros lugares no mundo. Muitos deles, duram poucos segundos e nem são sentidos. Logo, terremoto, nem sempre (Graças a Deus!), resultam em desastres.

- Fico com medo de me mudar pra lá, quando essas notícias acontecem? Fico. Mas isso é previsível? Não. Por tanto, esteja você no Japão, no Haiti ou na Turquia, tem coisas que fogem ao nosso controle. Queremos sempre estar no lugar mais seguro, e precisamos ser cuidados. Mas nem com todo o cuidado do mundo, terei minha vida eternamente garantida.

- Nessas horas, com todos os piores defeitos como: corrupção, péssima distribuição de renda, tráfico, milícia, impostos abusivos e bla bla bla, o Brasil é definitivamente um país privilegiado. Você já passou, ou viu algum amigo/familiar seu passar por um terremoto? Já sofreu com Tsunami ou Furacão? Eu também não, e isso não é realidade em todos os países.

- Nós aqui no Brasil, não fazemos A MENOR IDEIA do que é Guerra. Nós conhecemos de ler ou de ouvir falar. Houve um ou outro atrito aqui no Brasil, a décadas atrás. Mas viver e respirar a guerra, como é nos Estados Unidos, Palestina, Afeganistão ou Iraque, nós não sabemos. Até pra entrar no exército, os brasileiros, podem facilmente serem dispensados do serviço militar. Na Turquia, por exemplo, é obrigatório. E quer saber? Eles gostam e tem orgulho.

(Falei com Emre, que se em algum dia, ocorrer uma guerra civil na Turquia, de que vamos vir morar no Brasil. Ele se recusa e diz que JAMAIS deixaria de defender o país dele, mesmo que ele soubesse que ir a guerra, significaria a morte dele. Eu tomei um choque ao ouvir isso, e falei pra ele pensar por exemplo, nos filhos que irá ter, que ficarão sozinhos. Ele diz, que outros filhos, de outras famílias poderiam morrer, por ele ter fugido do seu dever, e que infelizmente, e de que não poderia nunca fazer isso. Pra mim isso é absurdo. Pra ele, isso é honra. Ainda estou pensando no que fazer, porque confesso que eu vou mover o mundo inteiro, se for preciso, caso uma situação dessas ocorra. Mas essa é a realidade daquele povo)

- Eu fico, definitivamente, comovida com o amor que os turcos tem com sua nação. Enquanto para nós, muitas vezes já virou cotidiano assistir na televisão notícias sobre mortes ou guerras nos morros, por exemplo, eu sinto naquele povo uma profunda dor e comoção com o que acontece.
(Ele me ligou chorando, por ver imagens de mães em desespero ao perderem seus filhos. E você pensa que só ele é sensível. O marido da Marília, uma outra amiga turcolover querida, ficou o dia inteiro triste e abatido. Consequentemente ela também. E assim foi com tantos outros namorados, maridos, e amigos, das brasileiras que conheço. Até os apresentadores de noticiários, apresentam tais notícias com vozes trêmulas de choro)

- Eu vejo, quase todos os contatos turcos do meu Facebook, trocarem sua foto de perfil por uma bandeira da turquia, ou fotos de luto para expressarem sua tristeza e solidariedade com as famílias. As casas e ruas (como se já não tivessem suficientes, em toooodo o canto no país), são decoradas nas sacadas ou janelas com a bandeira da Turquia. Isso é lindo e comovente.

_____________________

Agora existem algumas formas de ajudar:


  • Procure ou ajude a passar informações, de possíveis pessoas desaparecidas na região de Van, com a incrível iniciativa do Google, neste link
  • Para quem não está na Turquia, seja pelo seu celular, ou pelo seu Skype (ou qualquer outro programa VoIP que tenha essa ferramenta), mande uma mensagem SMS para o número 2868, com a mensagem "Van" (sem as aspas) e doe 5 liras turcas.
  • Para quem mora em Istambul, existem bancos de doação de sangue, nos 3 campus da Universidade Bilgi
  • Você pode doar suprimentos como roupas, cobertores, sapatos e alimentos não-pereciveis de graça, que algumas unidades de Correios, enviam de graça para Van
Estão aqui, maiores detalhes, que retirei mais uma vez do fórum de discussão da InterNations

"Aid centers are established at various locations in Istanbul to collect supplies to be sent to the area. Kadıköy and Şişli municipality buildings as well as Optimum Shopping Mall in the Anatolian side of Istanbul are among these centers.
If you would like to help the earthquake victims and donate money, blankets, clothes, food or blood please find information below which has been kindly accumulated by our members Vildan Yahni, Figen Bico and Sevtap Kaya. Thank you very much for providing this information:
If you would like to make personal donations, such as warm clothing, blankets, socks, shoes, boots, etc…and/or food like pre-cooked canned goods.
You can send these goods
1) via the Municipality of Şişli (Tel: 212 288 75 76) – a truck will be departing at 6:00pm tonight to deliver these goods.
2)via the Municipality of Sariyer (Tel: 212 271 1011-12)
3) Also, you can send your care packages via the following courier companies for free, however please call first to check if your nearest branch is accepting free packages:

MNG Kargo
Yurtiçi Kargo
PTT
Aras Kargo

You can also donate funds to the Van earthquake victims in writing “Van” to 2868 with your cell phone. 5 TL will be donated to the Red Cross Turkey (Kızılay) (www.kizilay.org.tr)

You can also send a message to AKUT at 2930 – the terms are the same – 5 TL for each message sent.(www.akut.org.tr)
Money can also be donated via this site:
Global Giving – Turkey Earthquake Relief Fund

You can donate blood today at all three campuses of Bilgi University.
Please follow the discussions in our Istanbul Forum where updates will be added.

Sincerely yours,
Gundula and Metin
InterNations Istanbul Ambassadors"
***[atualização]
Dêem uma lida nesse artigo.
"Uma campanha interessante que rapidamente atraiu atenção em várias redes sociais foi a “EvimEvindir”. Esta campanha foi iniciada por um jornalista turco, Ahmet Tezcan, quando ele declarou no Twitter [tr] que estava à disposição para receber em sua casa uma família desalojada pelo terremoto"

Que possamos refletir. Agradecer por tudo o que temos, e ajudar (com pequenos gestos, mas também com AÇÕES) as pessoas que estão sofrendo consequências dos últimos acontecimentos. Mas ao mesmo tempo, que não fiquemos apavorados ou paralisados de medo. A Turquia continua sendo um país lindo, querido e que eu tanto amo. Juntos, conseguimos pelo menos amenizar esse momento difícil, e isso vai ficar só na história se Deus quiser! Que Deus, haja com um milagre nessas horas. Já fiz a minha oração, e faça também a sua, poderia ser o SEU país, a SUA cidade, ou pior, a SUA família.

FORÇA, TURQUIA!

6 comentários:

Quem sou eu? disse...

Oi!
Eu sempre achei lindo o amor que eles tem pela pátria deles e até me envergonhou muito mais que antes o fato de só lembrarmos do nosso país e da nossa bandeira em copa do mundo. Infelizmente o povo brasileiro ama mais ao seu time futebol do que o seu próprio país.
Diante desses fatos tristes que aconteceram em tão pouco tempo, nós vemos que amor imenso esse povo tem pelos conterraneos. Coisa bonita de se ver.

Me responde: qualquer celular daqui pode ajudar com essa quantia de 5 tl, ou só podemos ajudar pelo skype mesmo?

Bjos, Grazi

Anônimo disse...

bom o brazil é um País abençoado por Deus......e pena que muitos brasileiros(as) não sabem valorizar nosso País.....tenho vergonha de ouvir pessoas falarem mal do nosso Brazil....

Lau* disse...

É realmente eles são bem nacionalistas.. :)

E essas iniciativas todas são ótimas.. mas tentei fazer a doacção das 5TL e não consegui :s esse número é só para o Brasil?

Beijos

A outra cor disse...

Olá Jéssica!
Primeiro parabéns pelo blog, tinha lido vc outro dia e ficado feliz com os compartilhamentos sobre a Turquia, lugar que tenho paixão. Hoje estava procurando mais noticias sobre Van, cidade natal do meu namorado, e acabei parando em seu cantinho outra vez. Passo pra deixar um beijo terno e dizer que vou postar essa página no meu facebook,de algum modo alguém lerá e poderá ajudar um pouco aqueles que estão sofrendo tanto. Parte do meu espírito tb está lá, mudo de dor e com o coração em prece e esperanças...
Felicidades pra vc, querida!
:)

Jessica disse...

Grazi,
Tem toda a razão, Grazi. Na maioria dos casos, só lembramos de ser nacionalistas na copa do mundo e olhe lá. Quando vemos e sentimos o verdadeiro sentimento de nacionalismo, é algo lindo, chega a ser emocionante.

Pois então, eu publiquei aqui, mais na tentativa e não sei te dizer se a doação pode mesmo ser eita. Eu enviei do meu celular, e não recebi nenhuma msg de volta. É provável, que nao tenha ido, mas eu tentei né.
Bjs

Anônimo,
É, compreendo o seu sentimento. As vezes só saindo do país, é que agente dá mais valor ao que temos aqui...

Lau,
Pois é como eu disse, não sei se vai mesmo. Peguei esse numero de um site turco, ficou a tentiva =/

A Outra Cor,
Ô flor, que bom que tenha gostado do blog, volte sempre hein!
Compartilho do seu sentimento, espero que cada um de nós ajude da maneira que for, não só com sentimento, mas com atitudes, ainda que limitadas. Meu coração também ficou apertado assim como o seu. Difícil né?
Beijocas querida!

Amanda Oliveira disse...

Olá Jessica, você provavelmente não vera este comentário, já que o blog não está mais ativo, mas meu amor por um turco é recente e tenho lido suas postagens desde a primeira. Hoje, 18 de março de 2015 eu percebi como meu Askim ama seu país. 100 anos da guerra de Çanakkale e ele estava muito emocionado, sentimental e cheio de orgulho por sua historia. E eu junto. Eu amo tudo nele e me entristece saber que a história de Çanakkale não é contada nas escolas, como tantas histórias da 1a guerra mundial. Çanakkale Geçilmez.
Estou comentando porque realmente preciso de um lugar pra falar sobre ele, ja que minha família não sabe ainda e tenho muito medo de como contar. Ate mais!